Conheça The Pilgrim, o melhor app de conteúdo cristão!

Oi, sister, tudo bem?

A postagem de hoje é especialmente pra você que ama livros e livros cristãos!

Você já conhece o aplicativo “The Pilgrim”? Não? Então vem comigo que eu vou apresentar vocês!

Vamos começar pelo começo das apresentações! Caso você não saiba, “Pilgrim” significa “Peregrino”, portanto o nome do aplicativo significa “O Peregrino”. (Prazer!)

Gosto desse nome porque me faz lembrar do livro “O Peregrino” de John Bunyan (Você já leu? Lá no The Pilgrim tem! Dica: Vale muito a pena! ;D) e porque a proposta desse aplicativo é ser uma fonte de recursos para todos nós que somos peregrinos e peregrinas nesse mundo.

No app você encontra ebooks, audiobooks (meus preferidos), bíblia em áudio e artigos teológicos, além dos posts no blog da The Pilgrim. São mais de 4.000 (quatro mil!!!) títulos no acervo deles e lá nós podemos encontrar livros dos nossos autores cristãos preferidos!

Por que eu gosto tanto?

Imagine que você está querendo muito ler algum livro novo que te ajude a crescer na sua vida espiritual. Ainda mais nesse momento de pandemia em que tantas pessoas tem perdidos seus familiares, o emprego e a paz. Você ouve falar de um novo livro da Elizabeth Elliot que fala sobre sofrimento e você gostaria muito de conseguir aprender uma lição sobre isso.

Mas você não tem o livro físico e a vida anda tão corrida que você nem sabe se teria tempo pra ler. Não seria maravilhoso se você pudesse “ler o livro sem ler”? É aí que a The Pilgrim pode te ajudar! Esse novo livro sobre sofrimento da Elizabeth Elliot está disponível no aplicativo e você pode reproduzir o audiobook enquanto lava a louça, lava ou passa a roupa, limpa a casa…Ou simplesmente deita no sofá para relaxar e continua ouvindo a mensagem inspiradora que o livro está trazendo pra você.

Foi assim que eu ouvi o livro “Chamados para Criar” que está disponível no The Pilgrim! Nos meus momentos de ocupação do dia-a-dia eu colocava o livro pra ser reproduzido e ia aprendendo enquanto cumpria minhas tarefas. É um benefício duplo!

Originais Pilgrim

O livro do qual falei acima, “Chamados para Criar” faz parte dos “Originais Pilgrim”. Ele não foi lançado por nenhuma outra editora, foi a Pilgrim que trouxe ele pro Brasil! Eu amei isso porque fiz o plano de leitura do livro no app da Bíblia You Version e fiquei muito curiosa pra ler o livro mas ele ainda não existia em português. Pra minha surpresa um dia vi um stories de propaganda do livro no app e com toda a generosidade do mundo eles ainda disponibilizaram esse e mais alguns livros para serem ouvidos de graça na quarentena. Eu não pude perder! Me apaixonei!

Que tal aproveitar essa benção na tua vida?

Eu gosto muito de otimizar meu tempo no que posso e poder ouvir um livro enquanto faço outras atividades é o máximo pra mim!

Se você gostou dessa ideia eu vou deixar o link pra você assinar* o aplicativo e começar a desfrutar de todo esse conteúdo maravilhoso que eles prepararam pra nós!

*Esse é um link de afiliado. Fechando sua assinatura por esse link eu ganho uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso! 😉

Assine The Pilgrim clicando aqui.

Fui selecionada como uma parceira da The Pilgrim e pra comemorar essa nova amizade entre nós, eles foram bem generosos! Continua acompanhando pra você ver só o que vem por aí…

14 dias de teste grátis ao invés dos 7 dias do aplicativo! (YAY, EU QUERO!)

20% de desconto no primeiro ciclo da sua assinatura, seja a mensal, semestral ou anual! (ME DÁ JÁ ESSE DESCONTO!)

Devocional Manhã e Noite do Charles Spurgeon pra você ouvir de graça no aplicativo (RESGATE AQUI ESSE PRESENTE!)

Você não vai perder essa, né?

Menina, eu to tão contente de poder ser parceira de uma empresa que está preocupada em fortalecer a nossa vida espiritual nos proporcionando um conteúdo de qualidade e por um valor super convidativo! Eu aaamo livros físicos mas ter todo esse conteúdo para ser ouvido e lido no celular é uma benção! Então se você está procurando conteúdo cristão de qualidade, conheça a The Pilgrim! Você vai ser muito abençoada, com certeza!

*Repassando os links especiais*

14 dias de teste grátis ao invés dos 7 dias do aplicativo! (YAY, EU QUERO!)

20% de desconto no primeiro ciclo da sua assinatura, seja a mensal, semestral ou anual! (ME DÁ JÁ ESSE DESCONTO!)

Devocional Manhã e Noite do Charles Spurgeon pra você ouvir de graça no aplicativo (RESGATE AQUI ESSE PRESENTE!)

Aproveite esses presentes e seja abençoada!

Minha Lista de Oração | Download

Oi, gente! Tudo bem?

Tô aqui pra apresentar pra vocês um dos projetos mais antigos que eu tinha! Ele vem lááá de 2016, quando criei esse blog: Uma lista de oração para download!

Pois bem, ela saiu da gaveta de planos e se tornou real! Todo o intuito dessa lista é ser um material bacana pra você, que pode ser que esqueça alguns nomes na hora de orar. Isso já aconteceu com você? Já aconteceu comigo!

Eu terminei de orar e então me dei conta: Xii, esqueci de orar por aquela pessoa. Se eu te disse que ia orar por você, pode ter certeza que eu vou mas ás vezes dá aquele branco repentino. Até hoje não consegui ter um caderno ou agenda com nomes de pessoas por quem orar mas nesse PDF que eu preparei pra vocês e pra mim fica bem legal de colocar vários nomes e então levar com você essa listinha pra lembrar o nome e o pedido!

Como usar?

É bem fácil! O documento foi feito para ser dobrado ao meio. Você pode imprimir frente e verso e ter 4 listas de orações com 24 nomes no total. Pensei em impressão simples e caseira, por isso fiz em preto e branco. Se você tiver em casa algum papel mais grossinho, eu indico imprimir nele, pra lista aguentar mais tempo. (Offset, gramatura 180, por exemplo). Se quiser decorar, vai em frente! Ele vai ser impresso só em preto mas nada que umas canetas coloridas não deixem ele mais cheio de vida. O bom é que você pode imprimir quantos precisar e fazer um livrinho, por quê não?

Pronta pra fazer o download?

Clica aqui e baixe a sua lista!

E não esquece de me deixar um comentário me dizendo se deu tudo certo com o download e o que achou dela! Eu aaaamo “free printables” (não sei como seria em português hahaha) e queria muito compartilhar um com vocês, então ele está aí!

Com carinho,

Andressa.

Você tem insistido o suficiente?

Post 3

Você conhece a parábola do juiz iníquo? Ela está em Lucas 18:1-8. Nessa parábola, Jesus fala sobre uma viúva que estava sempre recorrendo a um juiz, que não era temente a Deus, para que ele a socorresse numa causa contra o seu adversário, que desse um parecer favorável a ela. Aquele juiz não atentou ao pedido por um tempo mas de tanto ela insistir, ele então foi favorável ao seu pedido.

Essa parábola nos ensina duas coisas. A primeira é que não devemos confiar nossas petições para outros seres humanos. Eles são falhos (assim como nós) e se não forem tementes a Deus, dificilmente farão o que é correto. Segundo, devemos insistir em nossos pedidos através de nossas orações. E foi aí, bem aí, que essa parábola me ensinou algo muito valioso!

O motivo pelo qual eu quis escrever sobre isso é porque eu me preocupo que você, assim como eu era antes, acredite que se pedirmos a Deus o que nós precisamos – ou até queremos mesmo – apenas uma vez, já tá bom. “Eu já pedi uma vez, já entreguei nas mãos de Deus, não vou ficar orando por isso todos os dias”. Que engano! Quantas vezes nos encontramos em situações complicadas, situações que nos causam uma tensão e um desgaste mental tão grande que nem orar o suficiente por aquilo nós conseguimos?

Por uma coincidência eu estava passando por um situação bem parecida a da parábola. Para que fosse possível que a universidade onde eu estudava recebesse as parcelas das mensalidades pelo meu financiamento estudantil, foi necessário abrir uma ação judicial. Em todos os momentos eu sabia que meu caso estava nas mãos do meu Deus. Eu tinha duas opções. Continuar estudando, caso o juiz desse parecer favorável a extensão do financiamento ou parar de estudar, caso não. O problema é que por muito tempo fiquei na indecisão, sem pedir algo específico para Deus, esperando que Ele decidisse por mim. Eu não orava todos os dias por esse caso e o tempo foi passando e o parecer do juiz nunca chegava. Tudo o que eu sabia é que como entreguei nas mãos de Deus, Ele tinha que fazer o que fosse necessário para que a vontade dEle prevalecesse e talvez isso fosse demorado, então eu esperei. Mas depois de umas semanas eu percebi que tinha que me posicionar e pedir algo específico para Deus. Era difícil decidir entre estudar ou não já que me formar seria ótimo mas haviam outros problemas que dificultavam. Parar de estudar, mesmo parecendo a melhor opção já que eu queria me focar em fazer a vontade de Deus na cidade dos meus pais (eu estudava em Curitiba na época), me causava um pouco de medo já que eu já havia deixado a faculdade uma vez antes. Foi quando fiz esse “acordo” com Deus, não importava qual seria a decisão do juiz, nós não recorreríamos de nada, aceitaríamos o que ele dissesse até porque pedimos a Deus que a vontade dEle fosse feita.

A decisão veio em poucos dias depois disso e eu entendi. Se eu quero algo, eu devo pedir esse algo a Deus. Sem medo, sem receios, sabendo que Ele vai fazer o que for melhor para mim já que eu sempre peço que a vontade dEle prevaleça. Aí está um motivo para não termos medo de pedir aquilo que queremos. Deus pode dizer sim como pode dizer não mas a resposta que Ele dará será sempre a melhor!

Mas ainda havia o próximo passo. Só orar uma vez, entregar nas mãos dEle e deixar pra lá? Essa é uma lição que ainda estou aprendendo. Se precisamos de algo, precisamos perseverar em oração. Precisamos orar todos os dias por aquilo, com humildade, mostrando a Deus que dependemos dEle, que só Ele será capaz de nos dar aquilo que precisamos, muitas vezes um milagre, que não virá de outro lugar além do Céu.

Aquela viúva da parábola insistiu tanto com aquele juiz, que para não ser mais importunado por ela, ele fez o que ela queria. Deus, ao contrário do juiz, não faz o que nós pedimos porque não quer ser importunado mas porque nos ama. Se nós queremos algo de verdade, Ele quer saber, Ele quer que peçamos e que peçamos sempre. Isso demonstra que nós estamos ali, dependendo dEle e então Ele é movido por nossas petições.

 

“Exponham a sua causa”, diz o Senhor. – Isaías 41:21

 

Eu já disse em outra postagem que o Reino é daqueles que perseverarem e inclusive na oração. Nós sabemos que o tempo de Deus não é o nosso. Muitas pessoas oram anos e anos por algo ou alguém e muitas vezes morrem e não vêem aquele pedido ser atendido. Uma senhora orou muitos anos para que sua filha voltasse para os caminhos de Deus. Ela morreu e não viu a filha voltar mas a filha voltou. A oração daquela mãe foi ouvida e atendida, mesmo que ela não tenha visto. Orar por outras pessoas também deve ser de forma insistente. Há alguém em sua vida que você gostaria que conhecesse a Jesus como um amigo? Ou alguém que já o conheceu mas está longe dEle agora? Não deixe de orar! Ore todos os dias, ore com fervor, ore com intenção! Mostre a Deus que aquela pessoa é importante para você e importante para Ele. Deus nunca se esquece de nenhum de nós mas quando oramos por alguém damos permissão a Deus para tentar chamar aquela pessoa de volta através do Espírito Santo.

Oração é o nosso canal de comunicação com nosso Pai. Ele quer nos dar boas dádivas e é por isso que se existe algo que você precisa muito, não deixe de pedir e não peça de qualquer forma. Peça com intenção. Se coloque aos pés de Deus e diga o que você precisa, diga que confia nEle para fazer o melhor e peça que a vontade dEle seja feita. Ele não te abandona nunca. Ele não te deixa sem resposta e as respostas dEle sempre, sempre aumentam a nossa fé!

Confie, se entregue e espere por grandes coisas!

“Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.” – 2Crônicas 7:14

 

 

 

Verdades-Mentirosas, o engano.

Por que eu devo fazer isso? Já não tem alguém fazendo? E fazendo muito bem, por sinal. Qual é o ponto de eu levar isso adiante?”

Acredite, eu tirei essa frase da minha própria mente e uau, essas verdades são daquelas que batem na cara da gente e deixa a marca dos 5 dedos bem vermelhos. Elas são as “Verdades-Mentirosas” e como esses filmes de terror que tem várias sequências com seus “retornos”, essas trazem “enganos” que adoram nos assombrar!

 

 

Post 4

Verdade” #1

Por que eu devo fazer isso? Já não tem alguém fazendo?

Ah, a doce armadilha da comparação! Essa “verdade descarada” me pegou alguns dias atrás enquanto eu conhecia alguns blogs cristãos pela internet. Esse mundo de blogs cristãos é todo novo pra mim e eu na verdade só conheci 3 até agora. Depois dessa janelinha pop up intrometida abrir na minha mente e me fazer pensar qual o motivo, razão ou circunstância pela qual eu estava fazendo mais um blog eu comecei a racionalizar à luz da palavra de Deus me lembrando que quando Jesus pede que se faça discípulos de todas as nações (Mateus 28:19-20) Ele não pede apenas a um de seus discípulos, Ele pede a TODOS. Todos nós recebemos essa mesma grande comissão e um dos motivos é porque nem todos nós podemos estar em todos os lugares ao mesmo tempo. “Tá mas a internet é uma coisa totalmente diferente“. E é mesmo mas então me dei conta que muitas pessoas podem acabar encontrando meu blog por tal e tal motivo e demorar muito mais para encontrar outro blog cristão. Existe aí também a possibilidade de que não gostem da maneira como eu escrevo mas sim da maneira de outra blogueira escrever e se expressar e aí acontece a identificação que faz com que laços sejam criados e que cresçamos juntos!

“A comparação é a ladra da alegria”.

Se lembra quando Deus colocou um propósito no seu coração? Pois é, eu também me lembro quando Ele colocou o sonho desse blog no meu. Eu me lembro de cada etapa, desde a minha “cartinha”pra Ele explicando qual era a minha intenção desde as várias escolhas de nome até ter encontrado aquele que eu acreditava ser adequado e aprovado por meu Criador.

Comparar o seu trabalho ao de outra pessoa dificilmente te trará bons sentimentos. O que precisamos manter em mente é: “Somos únicos no mundo. Ninguém jamais poderá fazer aquilo que EU devo fazer“. É claro que Deus pode fazer tudo o que Ele faz sem a nossa ajuda. Se nós não estivermos dispostos, nos encolhermos, desistirmos do nosso propósito porque nos sentimos inferiores (ou seja, cheios de medo), Ele levantará outra pessoa para fazer em nosso lugar. O privilégio é nosso de fazer aquilo que Deus nos chamou para fazer.

Por isso se essa grande “verdade-mentirosa” já passou pela sua mente, jogue ela no lixo! Existem outras pessoas fazendo o que você faz? Lógico! Só por isso você deve desistir de fazer também? De forma nenhuma! Sua forma de fazer, seu chamado, eles são só seus! Voltando a racionalizar daquela forma de antes, parei e pensei: “Mas só existe uma cantora cristã no mundo?” E a resposta é óbvia! Apesar de todas cantarem muito bem, cada uma tem sua peculiaridade, suas próprias músicas (que outras pessoas provavelmente não fariam igual) e SEU PRÓPRIO CHAMADO! Abrace seu chamado e não deixe sua mente te convencer do contrário. Até porque nós sabemos quem coloca essas mentirinhas lá…

 

Pois é Deus quem produz em vós tanto o querer como o realizar, de acordo com sua boa vontade.” Filipenses 2:13

 

É tudo POR Ele e PARA Ele!

“Verdade” #2

“Olha pra você, uma completa fraude. Você acha mesmo que vai a algum lugar desse jeito? Você nem merece isso!”

De fato, nenhum de nós merece nada. Mas através do sacrifício de Jesus passamos a ser herdeiros de um Reino maravilhoso e da vida, e vida em abundância!

O quão patético é pra mim saber dessa verdade e mesmo assim me sentir uma completa fraude muitas vezes? É muito! Por favor, não seja como eu! Aliás, toda a minha intenção é que você também seja um(a) aprendiz do meu Criador. Mas nós somos fracos e mesmo conhecendo as muitas promessas que Deus nos faz, ainda nos sentimos tão, tão pequenos ás vezes que se nós deixarmos esses pensamentos soltos, eles são capazes de nos paralisar!

“Então ouvi uma forte voz dos céus, que dizia: ‘Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite'”.
Apocalipse 12:10

 

O “acusador dos nossos irmãos” nos acusa o tempo todo diante de nosso Deus e coloca em nossa mente mentiras como essas. “Você é uma fraude, você não merece nada, nunca vai mudar, nem adianta ficar aí tentando, orando, se esforçando, você não tem mais jeito“.

Por favor, apague isso com uma nova canção em sua mente que troque todas essas mentiras por verdades eternas! Nossos “pecados automáticos” desanimam. Eu fico muito desanimada quando mais uma vez cedo o controle das minhas emoções para outra pessoa e não sou capaz de agir da forma certa, da forma de Cristo. Isso me faz pensar no quanto “eu não tenho mais jeito” ou “no quanto isso é difícil e eu não aguento mais” mas por favor, olhe de novo! Nosso poder não reside em nós mesmos e vamos cair e levantar inúmeras vezes na nossa jornada de santificação mas o Reino é daquele que perseverar!

Cristo disse que estaria conosco até a consumação dos séculos no mesmo Mateus 28:20. Ele mandou seu Consolador, o Santo Espírito para que nós pudéssemos ser convencidos dos nossos pecados, nos arrependermos e então solicitar a Deus o poder para mudar tudo aquilo que O desagrada. Jesus nunca vai desistir de você, então porque você deveria? Se lembre quem é a verdadeira fraude. Quem engana e destrói. Se lembre que Jesus quer que você seja feliz. Ele não prometeu que seria tudo fácil, férias divertidas até o dia em que Ele voltar. Ele nos avisou que teríamos aflições mas ei, ele disse: “tende bom ânimo, pois eu venci o mundo!” Não se diminua. Não se menospreze. Não desista de você! Você vale a vida do filho de Deus e nEle é mais do que um vencedor!

“Contudo, em todas as coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.” – Romanos 8:37

Cuidado com o que você pede, menina!

Post 1

Se você nunca escutou de alguém que deveria ter cuidado com o que pede a Deus, eu te digo agora: “Cuidado! Muito cuidado com o que você pede a Deus!” Só peça se você quiser mesmo receber porque eu te garanto, Ele te responde!

Claro, existem pedidos e pedidos. Deus não vai atender um pedido seu que Ele claramente vê que te levará a ruína. Normalmente somos nós que insistimos no erro e acabamos tendo resultados desastrosos mas isso é assunto pra outro dia. O que eu quero falar nessa postagem é daqueles pedidos meio desesperados que nós fazemos em momentos em que nos sentimos perdidos, sem saída, cansados de sofrer, de se decepcionar, de se frustrar e então, por um pequeno momento nós abrimos a porta para Jesus entrar e Ele entra! Muitas vezes você nem vê. Continua levando a vida, até se esquece que fez um pedido especial para Deus. Um pedido de “Deus, cuida de mim, cuida do meu coração, não deixa ninguém entrar aqui para judiar mais dele” e então, de repente, as coisas começam a mudar. Você começa a entrar em contato com o que Deus quer pra você e você percebe que Ele vem cuidando de você. As decepções já não doem mais, você já nem vê tanta graça naquilo que chamava a sua atenção antes e você pensa: “Pera, parece que Deus tá realmente me protegendo”. E então, Ele muda totalmente a sua vida! Sim, do dia para a noite muitas vezes. A mudança tá aí mas depende de nós aceitarmos essa chance e começar a desfrutar de todas as bençãos que Deus separou pra nós. Foi assim que aconteceu comigo!

Numa noite em que eu estava meio triste, eu escrevi uma cartinha para uma pessoa especial e eu a reli hoje. Na cartinha eu digo coisas sobre mim e sobre a minha vida. Eu digo que não estava preparada para receber algumas bençãos e então, me dei conta de que 1 ano depois, Deus me guiou perfeitamente rumo ao desejo dEle pra minha vida. Ainda não me sinto 100% preparada para algumas coisas mas você vê? Deus estava lá, Ele leu, Ele com certeza ficou feliz com essa brecha que eu abri porque a partir dela, Ele pôde agir. Posso garantir que no momento em que escrevi aquela carta eu não levava muito a sério minhas fraquezas. Eu ainda as via como “o meu jeito de ser” e não como algo que Deus poderia mudar para melhor e usar para sua honra e glória! Cuidado com o que você pede. Deus está escutando. Ele está lendo e se você deixar, Ele vai te refinar, te purificar e te dar aquilo que você deseja, na hora dEle que é perfeita!