Abandone o Fardo: Procrastinação.

Ai essa palavra comprida e complicada de falar!

PRO-CRAS-TI-NA-ÇÃO. Grandona assim, ela dá nome a um fardo tão mas tão pesado que literalmente, puxa a gente pra trás!

Eu considero a procrastinação um fardo porque ela pode pesar tanto nas nossas costas quando vamos deixando as coisas por fazer, pra depois, pra semana que vem, pro próximo mês que ela acumula frustração, sentimento de impotência e estagnação.

A definição de procrastinar é “adiamento, demora, delonga“.

Foto por VisionPic .net em Pexels.com

Uma vez ouvi uma frase que dizia: “Toda procrastinação é medo”. Isso me fez pensar…Talvez a gente deixe coisas para depois porque temos medo do que pode acontecer se de repente começarmos a fazer coisas, produzir coisas, lançar nossas ideias no mundo e automaticamente ter pessoas respondendo a nossas ideias, querendo se aproximar, querer mais do que fazemos, precisarem de nós.

Talvez tenhamos medo das nossas próprias ideias, da nossa própria criatividade. Talvez seja mais cômodo apenas reclamar que não temos tempo e não enfrentar a verdade: Não estamos sabendo administrar ele direito, nossas prioridades estão todas erradas e procrastinar é o caminho mais “fácil”.

Mas sabe, não acho que esse caminho seja fácil realmente…Se você tem o hábito de procrastinar (assim como eu), sabe que muitas vezes o sentimento de frustração vem e vem bem pesado. É um sentimento ruim de impotência. Temos tanto em mente e apenas não conseguimos fazer aquilo acontecer. Seja lançar uma ideia no mundo, um novo negócio ou limpar a geladeira que você já percebeu há mais de 1 mês que está bem suja e precisando de um cuidado, tudo isso, quando deixado pra depois e depois, só vai causando um sentimento muito ruim. Como acumular sentimentos ruins pode ser fácil? Ter essa sensação frequente de que não conseguir realizar nada do que se propõe logo que é preciso ser feito?

Talvez a procrastinação e o perfeccionismo sejam amigos secretos. Falo por mim. Juntando o perfeccionismo que me faz pensar em tantas coisas que não “estão certas” fica até fácil ir deixando para depois e aí acumulando aquela sensação de impotência.

Foto por Retha Ferguson em Pexels.com

Além do acúmulo de tarefas! Quem nunca se viu atolada com mil coisas pra fazer por ter deixado tudo pra última hora? Parece que dá até uma adrenalina ter tanta coisa pra fazer e conseguir no último minuto mas…Será que a gente consegue mesmo? Muitas vezes fiz isso, deixei pro último instante e aí, mais uma vez, lá estava eu pensando que poderia ter tido um resultado tão melhor se tivesse me organizado, usado melhor meu tempo e me focado no que precisava ser feito, antes do tempo acabar.

Mas ok, vamos falar de algumas soluções? A gente precisa aprender a abandonar esse fardo, né? E precisamos pra já! Melhor ainda poder aprender com a Bíblia. Olha o que encontramos em Isaías:

Foto por Acharaporn Kamornboonyarush em Pexels.com

Quando o agricultor ara a terra para o plantio, só faz isso o tempo todo? Só fica abrindo sulcos e gradeando o solo? Depois de nivelado o solo, ele não semeia o endro e não espalha as sementes do cominho? Não planta o trigo no lugar certo, a cevada no terreno próprio e o trigo duro nas bordas? O seu Deus o instrui e lhe ensina o caminho. Não se debulha o endro com trilhadeira, e sobre o cominho não se faz passar roda de carro; tira se o endro com vara, e o cominho com um pedaço de pau. É preciso moer o cereal para fazer pão; por isso ninguém o fica trilhando para sempre. Fazem passar as rodas da trilhadeira sobre o trigo, mas os seus cavalos não o trituram. Isso tudo vem da parte do Senhor dos Exércitos, maravilhoso em conselhos e magnífico em sabedoria.

Isaías 28:24-29

Gosto tanto desse verso! Ele fala sobre ação lógica, em sequência. Ás vezes nós fazemos apenas uma coisa, com medo de avançarmos e fazer o que é preciso para o próximo nível. Deus na sua Sabedoria nos ensina o que precisamos saber. Ele não ensina apenas a cultivar a terra mas TUDO!

Amiga, você e eu precisamos acreditar nisso! Deus é maravilho em conselho e ainda que tenhamos medo dos próximos passos e empaquemos em uma atividade só, evitando o que precisamos fazer a seguir, Ele nos dará forças e ao longo do processo, o conhecimento que precisamos para avançar, para semear e também para colher, para que nosso trabalho seja completo! Você sabe que glorificamos a Deus com as nossas conquistas, não sabe? Nós, que nos denominamos cristãs, aprendizes e imitadoras de Cristo, com certeza não achamos que o mérito é nosso porque sabemos que tudo que temos e somos vem de Deus.

Procrastinar nos limita, nos impede, nos joga para trás. Abandone esse fardo, amiga! Entenda o motivo pelo qual esses adiamentos tem acontecido com você. Faça uma reunião com você mesma e analise seu coração. Peça então a Deus para te libertar do que te amarra. Não tenha medo de pedir isso e nem deixe isso pra depois! Eu prometo que vou fazer o mesmo aqui!

Te vejo na próxima e espero muito que com o fardo mais leve!

Com carinho,

Andressa.

Um comentário sobre “Abandone o Fardo: Procrastinação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.