Resenha de Filme: À Moda Antiga

Post 8

SINOPSE: “De um passado imoral para uma vida de princípios e fé em Deus. Essa é a trajetória de Clay (Rik Swartzwelder). Agora um novo homem, ele abandona sua vida de farras para gerenciar um antiquário em uma pequena cidade. De outro lado, chega Amber (Elizabeth Roberts), uma mulher de mente aberta que se encanta com as ideias de Clay sobre o amor. Ambos aprenderão que superar o medo e as feridas do passado pode ser uma tarefa difícil, mas vital na construção de uma relação sólida que honre a Deus.”

Estreando hoje uma categoria que até então eu não tinha intenção de começar: Resenha de filmes. Mas então me deparo com esse filme e tudo que pensei foi: “Preciso escrever sobre ele!”

“À Moda Antiga” é um filme sobre relacionamentos e sobretudo, relacionamentos com Deus bem no centro. Sou uma apaixonada por esse tema e para quem também o é, acredite, nós podemos encontrar nesse filme uma inspiração para nos mantermos firmes em nossos propósitos.

Sei que é ficção mas Deus me tirou a mentira da cabeça de que “homens como esses não existem” porque adivinhe só, eles existem sim e quando conhecemos Clay não caímos de amores por ele por causa de sua beleza (o que acontece muito em filmes), na verdade eu nem sequer caí de amores por ele, a única coisa que pude pensar foi: “Uau, os padrões dele são bem altos e se alguma mulher quiser ficar com ele, com certeza será nas regras que ele estabeleceu” e as regras dele são as regras de Deus!

A história de Clay é tocante! Ele viveu a maior parte de sua vida sendo um homem como outro qualquer. Ele foi um universitário como outro qualquer, até que ele tem o maior encontro de sua vida: o encontro com Jesus. Isso faz toda a diferença em sua história e a partir de então ele começa a criar teorias que ao mesmo tempo que demonstram o medo dele de errar, mostra o real comprometimento com aquele Amigo que o havia salvo de uma vida vazia.

Amber, por sua vez, é uma mulher cheia de vida – e de mágoas – que tenta levar a vida de forma leve e descomprometida, sempre pronta para partir assim que as coisas começam a dar errado. Ela está sempre fugindo e essa fuga dela a impede de ter esse encontro especial com Aquele que mudou a vida de Clay.

O encontro dos dois me mostrou que nunca devemos baixar nossos padrões para agradar aos outros. Já percebeu como algumas vezes nós fazemos isso de forma bem fácil e tranquila? Para não desagradar ou parecer uma pessoa chata e exigente demais as vistas daqueles que acabamos de conhecer, abrimos mão dos nossos princípios. Mas Clay não era assim…

O que mais me toca na vida de Clay é o fato dele ter a noção de quão graves foram os erros dele no passado e do quanto ele não é merecedor de nada. Digo isso porque me sinto exatamente como ele algumas vezes. O pecado cometido no passado está sempre diante dele e ele se acovarda, acreditando que viver uma história de amor bonita não está escrito na história dele. Claro, essa é uma grande mentira! Quando Deus perdoa nossos pecados, nós zeramos nossas contas e o que Satanás quer é que pensemos que estamos fadados a uma história de amor de quinta categoria quando na verdade nosso Deus está pronto para derramar bençãos sem medidas sobre nós!

Clay tinha em mente tudo aquilo que nós devemos ter como pessoas solteiras que decidiram colocar essa área de nossa vida nas mãos de Deus: Nosso dever não é sairmos a procura de um futuro cônjuge, muito pelo contrário, nós ficamos quietinhos aqui nos tornando essa pessoa especial que um dia será encontrada ou que encontrará de alguma forma, aquela pessoa que Deus tem para nós.

O filme mostra o contraste gritante entre o padrão do mundo e o padrão de nosso Pai. Mostra como homens sem o temor de Deus enxergam as mulheres e como dão pouco ou nenhum valor para nós. A resenha desse filme tem tudo a ver com a postagem sobre o Príncipe no Cavalo Branco que fiz há alguns dias atrás. Quando um homem teme a Deus, respeita aquilo que Ele nos pede e acima de tudo, ama a Palavra e a pratica, ele sabe exatamente o valor que você tem! Você não precisa implorar para ser respeitada. Ele fará isso naturalmente, sabendo que você vale a vida do filho de Deus, e nisso o filme deu um show!

Outro ponto de extrema importância é o fato do quanto é essencial para nós termos bons conselheiros ao nosso redor. Normalmente nossos pais ocupam esse posto porque ele nos conhecem melhor do que ninguém e querem nosso bem acima de tudo! Clay encontra em sua tia alguém com quem abrir o coração e isso me deixou maravilhada! Ele não estava andando em trevas tentando buscar o caminho sozinho quando tudo ficou um pouco nublado. Ele foi a procura de alguém sábio o bastante para o guiar e o apoiar e muitas vezes não termos esse tipo de suporte é o que está nos deixando cometer sempre os mesmos erros.

Sabe um filme que dá para se viver? Esse é “À Moda Antiga”! Tudo o que precisamos é ter o bendito comprometimento! É sabermos qual caminho Deus nos deu para seguir, o que Ele espera de nós nessa área de nossa vida e seguirmos sem medo, sabendo que Ele tem o melhor reservado! Acredito que esse filme venha como um resgate daquilo que realmente importa! Muito se fala sobre relacionamentos cristãos mas pouco se vive. Mesmo que seja um filme, eu acho extremamente reconfortante e inspirador ver princípios serem vividos na prática, ilustrando que muitas vezes fazer o certo nem sempre é o mais fácil e prazeroso mas ele te guia em direção ao prazer eterno e nos faz perceber que um momentinho de prazer aqui nessa Terra não compensa quando comparado a eternidade de felicidade que teremos lá no Céu com nosso cônjuge e principalmente com nosso melhor amigo Jesus!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.